Prêmio e informação privilegiada em fusões e aquisições no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2009
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este estudo tem como objetivo analisar o uso de informações privilegiadas em transações de fusões e aquisições no Brasil e quais características explicam o retorno médio das ações das empresas-alvo, ou seja, o prêmio de aquisição. Para isso foram coletados dados de 62 ações de empresas-alvo de transações que ocorreram entre 2000 e 2008. Estimou-se o retorno anormal acumulado médio da amostra a partir de 79 dias antes da divulgação da notícia até 10 dias após o evento. Observou-se que começam a aparecer retornos anormais acumulados positivos 37 dias antes do evento, caracterizando o uso de informações privilegiadas. O prêmio médio de fusão, estimado como o retorno anormal acumulado médio da amostra 3 dias após a divulgação da notícia foi de 9,77%. Por meio de regressões múltiplas por mínimos quadrados ordinários e regressões quantílicas identificou-se que as seguintes variáveis são significativas na explicação do prêmio da fusão: tamanho da empresa (quanto menor a empresa, maior o prêmio); participação em algum nível de Governança Corporativa diferenciado; atuação nos setores Imobiliário, Indústria, Telecomunicações e Consumo.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Rochman, Ricardo Ratner
Área do Conhecimento CNPQ
Citação