Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/964
Type: Dissertação
Title: Prêmio e informação privilegiada em fusões e aquisições no Brasil
Authors: Andrade, Alexandre Braga De
Examination board: Kirschbaum, Charles
Rochman, Ricardo Ratner
Advisor: Minardi, Andrea Maria Accioly Fonseca
Publication Date: 2009
Original Abstract: Este estudo tem como objetivo analisar o uso de informações privilegiadas em transações de fusões e aquisições no Brasil e quais características explicam o retorno médio das ações das empresas-alvo, ou seja, o prêmio de aquisição. Para isso foram coletados dados de 62 ações de empresas-alvo de transações que ocorreram entre 2000 e 2008. Estimou-se o retorno anormal acumulado médio da amostra a partir de 79 dias antes da divulgação da notícia até 10 dias após o evento. Observou-se que começam a aparecer retornos anormais acumulados positivos 37 dias antes do evento, caracterizando o uso de informações privilegiadas. O prêmio médio de fusão, estimado como o retorno anormal acumulado médio da amostra 3 dias após a divulgação da notícia foi de 9,77%. Por meio de regressões múltiplas por mínimos quadrados ordinários e regressões quantílicas identificou-se que as seguintes variáveis são significativas na explicação do prêmio da fusão: tamanho da empresa (quanto menor a empresa, maior o prêmio); participação em algum nível de Governança Corporativa diferenciado; atuação nos setores Imobiliário, Indústria, Telecomunicações e Consumo.
Keywords in original language : Fusões e aquisições
Informação privilegiada
Retorno anormal acumulado médio
CAR
Prêmio de fusão
Mergers and Acquisitions
Insider trading
Cummulated abnormal return
CAR
Acquisition premium
Abstract: The analysis of insider trading in Brazil and the variables that influence acquisition premium of target companies are the topics of this study. Data from 62 different transactions in Brazil between 2000 and 2008 was collected. The accumulated abnormal return (CAR) was calculated from 79 days before to 10 days after deal announcement. Findings show that the abnormal return is significantly different than zero 38 days before deal announcement. Acquisition premium, estimated as the accumulated abnormal return in the third day after deal announcement, was 10,20%. It was found, through multiple (ordinary least squares) and quantile regressions, that the following variables are important in order to quantify acquisition premium to target companies shareholders: size (the smaller the company, the bigger the acquisition premium); membership on any Ibovespa’s high standard corporate governance policy; and operate in either Real Estate, Telecom, Industry and Consumer sectors.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alexandre Braga de Andrade_Trabalho.pdfTEXTO COMPLETO366.97 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Alexandre Braga de Andrade_AutorizacaoAluno.pdfINDISPONÍVEL - AUTORIZAÇÃO ALUNO473.37 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.