Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/2752
Type: Dissertação
Title: Lucro ou fluxo de caixa? Uma análise comparativa entre retornos de portfolios baseados em índices financeiros calculados com métricas contábeis e métricas de fluxo de caixa.
Authors: Lima, Fernanda Vaciloto
Examination board: Bortoluzzo, Adriana Bruscato
Bortoluzzo, Maurício Mesquita
Advisor: Minardi, Andrea Maria Accioly Fonseca
Publication Date: 2018
Original Abstract: Este trabalho busca analisar se portfólios construídos através de índices financeiros com base em informações de fluxo de caixa geram retornos superiores a portfólios construídos com base em índices financeiros advindos de informações contábeis. Seguindo estudo apresentado por Foerster, Tsagarelis e Wang (2017), as demonstrações de fluxo de caixa trazem mais transparência para os investidores do que as demonstrações de resultado, portanto, os investidores deveriam basear suas decisões de investimento em índices de fluxo de caixa. Tal resultado pode suportar a adoção de novas normas aos padrões internacionais de contabilidade, uma vez que tais normas visam aumentar a transparência das informações financeiras para os investidores. Para o universo de empresas não-financeiras listadas no Ibovespa em Julho de 2018, foram construídos portfolios a partir de variáveis de fluxo de caixa e variáveis contábeis. As variáveis utilizadas para construir tais portfolios tem relação com a literatura sobre índices financeiros e previsibilidade de retorno, abrangendo as principais referências no tema e também medidas de rentabilidade tradicionalmente adotadas por investidores para construir seus portfolios. Enquanto as variáveis contábeis são tradicionais e utilizam referências e contas amplamente conhecidas da demonstração financeira, as variáveis de fluxo de caixa buscam comparar a medida tradicionalmente fornecida pelas empresas, a geração de caixa calculada pelo fluxo de caixa pelo método indireto, com uma medida de fluxo de caixa elaborada por Foerster, Tsagarelis e Wang (2017), com o intuito de apresentar um cálculo de fluxo de caixa mais atrelado às atividades operacionais da empresa e menos poluído por itens não recorrentes ou que pouco agregam à avaliação da capacidade de geração de caixa de uma companhia. Por meio de modelos de Fama e French e Fama MacBeth, o retorno dos portfolios criados com base nas diferentes variáveis é ajustado para fatores de risco. Diferentemente de estudo similar conduzido no mercado americano, para o mercado brasileiro, portfólios construídos com base em informações contábeis ainda geram retornos superiores a portfolios construídos com base em informações de fluxo de caixa.
Keywords in original language : Precificação de Ativos, Previsibilidade de Retornos de Ações, Ìndices Financeiros, Fluxo de Caixa
Asset Pricing, Predictability of Stock Returns, Financial Ratios, Cash Flow
Abstract: This study analyzes if stock portfolios based on financial ratios calculated based on cash flow information produce better returns than stock portfolios based on financial rations calculated through the income statement information. According to Foerster, Tsagarelis e Wang (2017), cash flow statements are more transparent than income statements when it comes to really reflecting a company’s performance, meaning that investors would be better off basing investment decisions on cash flow information. The result of this analysis could support the adoption on new standards for the International Financial Reporting Standards, as the new standards envision increasing transparency of financial information available to investors. For the universe of non-financial companies that were part of Ibovespa Index as of July 2018, different portfolios were composed based on cash flow and income statement variables. These variables are related to other relevant studies on stock returns’ predictability and financial ratios, but also to metrics that are traditionally adopted by investors when they need to analyze financial information. Through Fama and French and Fama MacBeth models, portfolio returns were adjusted by risk factors. Differently than what has been observed in other similar study conducted for the S&P 500 and other stock indexes in the US, for the Brazilian market portfolios based on financial rations calculated through the income statement information produced higher returns than the ones based on cash flow information,
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação- Fernanda Vaciloto Lima.pdf929.9 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.