Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/2851
Type: Dissertação
Title: Análise do impacto do benefício fiscal da dívida no desempenho das empresas brasileiras
Authors: Cavalcante, Lucas Celestino
Examination board: Minardi, Andrea Maria Accioly Fonseca
Nakamura, Wilson Toshiro
Advisor: Bortoluzzo, Adriana Bruscato
Publication Date: 2020
Original Abstract: O tema deste estudo é a relação entre o endividamento, com base no benefício fiscal da dívida e o valor de mercado ou a performance das empresas brasileiras. O objetivo é avaliar se existe uma relação não linear entre a dívida e o valor de mercado das empresas, a fim de contribuir com a literatura deste tema no Brasil, que ainda não apresenta consenso. A importância da estrutura de capital das empresas é estudada principalmente desde a década de 1950, com os estudos de Modigliani e Miller (1958, 1961 e 1963), e até hoje não há um consenso em relação à qual deve ser a estrutura ótima em termos de dívida e capital próprio. Por isso, essa análise ainda é relevante atualmente, e para testar a hipótese de não linearidade aplicamos a metodologia do Método dos Momentos Generalizados Sistêmico (GMM-Sys), que trata melhor a questão da endogeneidade e da persistência das variáveis dependentes, que são problemas comuns nos estudos de finanças corporativas. Como variável dependente utilizamos o próprio valor de mercado das empresas, e como variáveis independentes utilizamos as seguintes proxies de endividamento: kink, kink2, excesso de dívida e dívida ótima. A conclusão que chegamos é de que a relação entre a dívida e o valor de mercado ou a performance das empresas brasileiras é negativa, não importando o nível do endividamento, portanto, rejeita-se a hipótese de relação não linear.
Keywords in original language : Benefício Fiscal da Dívida, Estrutura de Capital, Performance, GMM.
Tax Benefits of Debt, Capital Structure, Performance, GMM
Abstract: The focus of this study is the relation between indebtedness, based on the tax benefits of debt, and the market value and the performance of Brazilian companies. The goal is to evaluate if there is a non-linear relation between debt and market value, with the intent of contributing to the literature of capital structure in Brazil, in which there is no consensus. The importance of companies’ capital structure has been studied mainly since the years of 1950, with the articles of Modigliani and Miller (1958, 1961 and 1963), and until today there is no consensus on what the optimal capital structure, in terms of debt and equity, should be. Because of it, this study is still relevant. To test the hypothesis of non-linearity, it will be performed the Systemic Generalized Method of Moments (GMM-Sys), that runs better in the context of endogeneity and dependent variable persistency, which is common among corporate finance studies. As dependent variable we will use the market value, and as independent variables we will use the following proxies for indebtedness: kink, kink2, excess debt and optimal debt. The Conclusion we arrive is that the relation between debt and market value or the company’s performance is negative, no matter what the company debt level is, therefore the hypothesis of non-linearity was rejected.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lucas Cavalcante.pdf670.76 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.