Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/985
Type: Dissertação
Title: A Utilização de Derivativos Aliada às melhores práticas de governança corporativa adiciona valor para os acionistas?
Authors: Steagall Junior, Lincoln
Examination board: Rossi Junior, Jose Luiz
Silveira, Alexandre Di Miceli Da
Advisor: Minardi, Andrea Maria Accioly Fonseca
Publication Date: 2009
Original Abstract: Se por um lado derivativos podem trazer vantagens para as empresas, como suavização dos fluxos de caixa, maior acesso às linhas de financiamento e diminuição de taxas de empréstimo, por outro podem trazer sérios riscos se forem usados indevidamente. Pode-se citar, por exemplo, as exposições excessivas a derivativos em 2008, que tinham como motivador a diminuição do custo financeiro para as tesourarias das empresas e tornaram-se desastrosas com o advento da crise financeira global iniciada em Setembro de 2008. Boas práticas de Governança Corporativa trazem maior transparência e aumentam a proteção dos acionistas minoritários contra atitudes prejudiciais por parte dos controladores. Dessa maneira, seria esperado que a adoção dessas práticas diminuísse a possibilidade da utilização prejudicial dos contratos de derivativos. Este trabalho visa investigar se a utilização de derivativos aliada às melhores práticas de governança corporativa cria valor para as empresas. Para isso foi analisada uma amostra de empresas brasileiras não-financeiras listadas na Bolsa de Valores de São Paulo, entre os anos de 2004 e 2007 e rodadas regressões em painel. A criação de valor foi medida através do Q de Tobin. Os resultados confirmam a princípio que apenas a Governança Corporativa agrega valor à firma, mas não a utilização de derivativos de uma maneira geral. Foram encontradas evidências muito fracas de que a utilização de derivativos aliadas às práticas de Governança Corporativa especificamente no quesito Estrutura Acionária adiciona valor para o acionista.
Keywords in original language : Derivativos
Governança corporativa
Índice de governança corporativa
Q de tobin
Valor da firma
Derivatives
Corporate governance
Gorporate governance index
Tobin’s Q
Firm value
Abstract: If on one hand the use of derivatives may bring advantages to firms, like smoothing cash flows, tax shields, access to more favorable lines of credit and decreasing the possibility of underinvestment, on the other hand, the improper use of these contracts may bring serious risks to them. As an example, in 2008, in order to lower the costs of capital, many firms used derivatives in excess, the misuse turned out to be disastrous to them with the beginning of the global economic crisis. The observation of good practices related to corporate governance brings more transparency to the minority shareholders, decreasing the possibility of harmful moves against them by the controlling shareholders, giving more protection to its property rights. It is expected, in this context, that good governance practices should decrease the possibility of misuse of derivatives. The main purpose of this article is to investigate if the use of derivatives allied to better Corporate Governance practices adds value to firms. A sample of non-financial Brazilian companies listed in the São Paulo Stock Exchange between 2004 and 2007 was used in order to test our hypothesis, using panel regressions. The dependent proxy variable used to measure firm value was Tobin’s Q. Results confirm that only Corporate Governance adds value to firms, but not the use of derivatives in general. It was also found very weak evidence of the use of derivatives allied to shareholders structure in Corporate Governance adds value to the shareholders.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lincoln Steagall Junior_Trabalho.pdfTEXTO COMPLETO143.57 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Lincoln Steagall Junior_AutorizacaoAluno.pdfINDISPONÍVEL - AUTORIZAÇÃO ALUNO495.74 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.